Apraz comprimidos

Indicação

Para que serve?

Apraz comprimidos 0,25 mg, 0,5 mg, 1 mg ou 2 mg é indicado para o tratamento de estados de ansiedade, transtorno do pânico ou abstinência ao álcool, em adultos.

Posologia

Como usar?

A dose recomendada de Apraz comprimidos e a duração do tratamento devem ser indicadas pelo médico, pois dependem da gravidade dos sintomas manifestados e da resposta individual de cada paciente ao tratamento.

Geralmente, a dose inicial recomendada varia de 0,25 mg a 1,0 mg administrados 2 a 3 vezes por dia, de acordo com indicação médica.

Os comprimidos de Apraz devem ser engolidos inteiros, sem partir ou mastigar, juntamente com um copo de água.

Efeitos colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Apraz podem incluir depressão, sedação, sonolência, falta de coordenação motora, alterações na memória, fala lentificada e difícil de compreender, tontura, dor de cabeça, prisão de ventre, secura na boca, cansaço extremo, irritabilidade, diminuição do apetite, confusão, confusão mental, diminuição da libido, ansiedade, dificuldade para dormir, nervosismo, sensação de cabeça vazia, alterações no do equilíbrio, problemas de atenção, aumento do sono, lentidão, tremor, visão embaçada, náusea, inflamação na pele, impotência sexual, diminuição do peso ou aumento do peso.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Apraz está contraindicado para crianças e adolescentes com menos de 18 anos, pacientes com miastenia gravis, glaucoma de ângulo estreito agudo e para pacientes com alergia a outros benzodiazepínicos, ao Alprazolam ou a outros componentes da fórmula.

Farmacocinética

Como funciona?

Apraz é um medicamento que tem na sua composição Alprazolam, um composto da classe dos medicamentos benzodiazepínicos, que atuam no sistema nervoso central, causando um efeito depressor.

Após administração oral, geralmente Apraz começa a fazer efeito cerca de 1 a 2 horas após a sua ingestão.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Apraz, deverá falar com o seu médico se estiver grávida ou amamentando, tiver mais de 65 anos, tiver estado de saúde debilitado, problemas nos rins ou no fígado, tendências suicidas ou depressão ou se estiver a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Apraz é um medicamento que pode causar dependência, sendo que apenas deve ser utilizado de acordo com indicação médica. Em casos de dependência ou uso prolongado, a interrupção repentina do tratamento pode causar sintomas como insônia, alterações repentinas de humor para tristeza e angustia, cãibras musculares, cólicas abdominais, vômito, suor excessivo, tremores ou convulsões.

Durante o tratamento com Apraz​ deve evitar dirigir veículos ou maquinas, pois este medicamento pode causar sonolência ou diminuição dos reflexos.

O tratamento com Apraz​ nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente respeitados.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Apraz​, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento. Alguns dos efeitos mais comuns que pode sentir após a toma excessiva de Apraz podem ser sonolência, fala arrastada, problemas de coordenação motora, coma ou paragem respiratória.

Composição

Apraz 0,25 mg por cada comprimido contém:

Alprazolam __________________________________ 0,25 mg

Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, dióxido de silício, amido, estearato de magnésio, povidona, laurilsulfato de sódio e croscarmelose sódica).

Apraz 0,5 mg por cada comprimido contém:

Alprazolam __________________________________ 0,5 mg

Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, dióxido de silício, amido, estearato de magnésio, corante amarelo FDC nº 6, povidona, laurilsulfato de sódio e croscarmelose sódica).

Apraz 1 mg por cada comprimido contém:

Alprazolam _____________________________________ 1 mg

Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, dióxido de silício, amido, estearato de magnésio, corante azul FDC nº 2, povidona, laurilsulfato de sódio e croscarmelose sódica).

Apraz 2 mg por cada comprimido contém:

Alprazolam _____________________________________ 2 mg

Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, dióxido de silício, amido, estearato de magnésio, corante azul FDC nº 2, corante amarelo FDC nº 6, povidona, laurilsulfato de sódio e croscarmelose sódica).

Interações Medicamentosas

Apraz não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica, como cetoconazol, itraconazol ou outros agentes antifúngicos azólicos, nefazodona, fluvoxamina, cimetidina, fluoxetina, propoxifeno, anticoncepcionais orais, diltiazem, antibióticos macrolídeos como eritromicina ou troleandomicina ou juntamente com inibidores da protease do HIV.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso ocorra o esquecimento da administração de uma dose de Apraz deve tomar a dose esquecida logo que se lembre. Porém, se já se encontrar muito próximo do horário da dose seguinte, deve saltar a dose esquecida, e tomar apenas a dose do horário seguinte. As doses de Apraz nunca devem ser administradas a dobrar ou em horários muito próximos.

Apraz comprimidos engorda?

Sim, Apraz pode fazer engordar, pois este é um dos seus possíveis efeitos colaterais.

Laboratório

Hypermarcas S.A.

– SAC: 0800 97 99 900

O genérico de Apraz é o Alprazolam e outros medicamentos para o tratamento da ansiedade podem ser Victan, Lexotan, Lorazepam ou Ansitec.

Dizeres Legais:

M.S.: 1.7287.0493
Farm. Resp.: Dr. Alexandre de Abreu Villar


1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...