Vivanza

Indicação

Para que serve?

Vivanza é indicado para o tratamento da impotência sexual masculina, em homens.

Outro remédio com o mesmo princípio ativo de Vivanza é o Levitra.

Posologia

Como usar?

A dose recomendada de Vivanza para adultos é de 10 mg, 2 comprimidos de Vivanza 5 mg ou 1 comprimido de Vivanza 10 mg, uma vez por dia, cerca de 25 a 60 minutos antes do contacto íntimo. O inicio do efeito de Vivanza, varia de paciente para paciente, no entanto poderá conseguir uma ereção entre os primeiros 25 minutos até cerca de 4 a 5 horas após a administração, sendo sempre fundamental que o homem tenha um estímulo sexual.

Os comprimidos de Vivanza devem ser engolidos com um copo de água, sem partir ou mastigar.

Efeitos colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Vivanza incluem dor de cabeça, tontura, vermelhidão, nariz entupido ou a pingar ou problemas de digestão.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Vivanza está contraindicado para pacientes com menos de 18 anos ou mais de 75 anos de idade, doenças no coração ou fígado, pressão sanguínea baixa, que estejam a fazer hemodiálise, pacientes com historial de acidente vascular cerebral, ataque cardíaco, doenças degenerativas dos olhos ou neuropatia ótica isquêmica anterior não arterítica e para pacientes com alergia à Vardenafila ou a outros componentes da fórmula.

Farmacocinética

Como funciona?

Vivanza é um medicamento que tem na sua composição Cloridrato de Vardenafila, um composto que pertence à classe dos medicamentos inibidores da fosfodiesterase tipo 5, usados no tratamento da impotência sexual masculina. A disfunção erétil é uma condição que implica dificuldades em obter ou manter uma ereção, muitas vezes por causas físicas ou psicológicas, havendo alterações nos músculos e vasos sanguíneos, que fazem com que no pênis não permaneça uma quantidade de sangue suficiente para que este se torne e mantenha duro.

O mecanismo fisiológico responsável pela ereção de pênis envolve a libertação de óxido nítrico nos corpos cavernosos durante a estimulação sexual. O Óxido nítrico ativa a enzima guanilato-ciclase, que por sua vez induz um aumento dos níveis de monofosfato de guanosina cíclico, produzindo um relaxamento da musculatura lisa dos corpos cavernosos, permitindo o influxo de sangue. O monofosfato de guanosina cíclico é degradado pela atuação da fosfodiesterase-5. Assim, Vivanza ao inibir a fosfodiesterase tipo 5, impede que esta enzima degrade o monofosfato de guanosina cíclico, responsável por aumentar o influxo de sangue, permitindo assim a ocorrência de ereção. Vivanza age restaurando a função erétil, o que resulta numa resposta natural à estimulação sexual.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Vivanza​, deverá falar com o seu médico se estiver a tomar outros medicamentos, tiver problemas de coração, batimentos irregulares, tiver úlceras de estômago ou se tiver alteração da coagulação sanguínea.

Pacientes com alterações físicas que afetam a forma do pênis ou com condições que possam predispor à ereção involuntária dolorosa e persistente do pênis, priapismo, como anemia falciforme, mieloma múltiplo ou leucemia, devem consultar o médico antes de iniciar o tratamento.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Vivanza​, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento. Um dos efeitos mais comuns que pode sentir após a toma excessiva de Vivanza são as dores fortes nas costas.

Composição

Vivanza 5 mg por cada comprimido contém:

Cloridrato de Vardenafila _________________________ 5 mg
Excipientes ____________________________ 1 Comprimido

(Excipientes: Núcleo do comprimido: crospovidona, estearato de magnésio, celulose microcristalina, silica coloidal anidra; Película de revestimento: macrogol 400, hipromelose, dióxido de titânio (E171), óxido de ferro amarelo (E172), óxido de ferro vermelho (E172)).

Vivanza 10 mg comprimidos orodispersíveis por cada comprimido contém:

Cloridrato de Vardenafila ________________________ 10 mg
Excipientes ____________________________ 1 Comprimido

(Excipientes:Estearato de magnésio, aspartamo (E951), aroma de hortelã-pimenta, manitol (E421), sorbitol (E420), crospovidona e sílica coloidal hidratada).

Vivanza 20 mg por cada comprimido contém:

Cloridrato de Vardenafila ________________________ 20 mg
Excipientes ____________________________ 1 Comprimido

(Excipientes: Núcleo do comprimido: crospovidona, estearato de magnésio, celulose microcristalina, silica coloidal anidra; Película de revestimento: macrogol 400, hipromelose, dióxido de titânio (E171), óxido de ferroamarelo (E172), óxido de ferro vermelho (E172)).

Interações Medicamentosas

Vivanza não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica, como bebidas alcoólicas, sumo de toranja, outros medicamentos para dificuldades de ereção, como trinitrato de glicerol, dadores de óxido nítrico, como o nitrito de amilo, ritonavir, indinavir, cetoconazol, itraconazol, nitratos, quinidina, procainamida, amiodarona, sotalol, eritromicina, claritromicina, antibióticos macrólidos ou com bloqueadores-alfa.

Laboratório

Bayer S.A.

– SAC 0800 7021241

O genérico de Vivanza é o Cloridrato de Vardenafila, porém outros remédios para tratar a impotência sexual podem ser Viagra ou Cialis.


1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...